Linkedin para empresas: 5 dicas para usar com efetividade

Reconhecido como uma plataforma de networking profissional, o LinkedIn para empresas assume outra função: valorizar a imagem da marca, fortalecendo sua estratégia de comunicação institucional.

Estamos falando, portanto, da construção de reputação, atributo cada dia mais importante para qualquer organização. Afinal, esse é um dos caminhos para agregar valor ao negócio e destacar-se da concorrência.

Ao trabalhar a sua estratégia nessa rede social, contudo, esqueça os “amigos”, pois nessa plataforma o que importa são as conexões estabelecidas com os diferentes públicos que interessam para a marca.

Quer entender como organizar melhor a sua estratégia nesse canal? O post de hoje foi preparado com esse propósito. Separamos informações importantes sobre o LinkedIn para empresas. Confira!

Por que inserir o LinkedIn na sua estratégia de marketing?

Para começar a entender a importância do LinkedIn para as empresas, vamos analisar os seus números: são mais de 500 milhões de pessoas conectadas à rede em todo o mundo. No Brasil são 29 milhões de profissionais, o que coloca o país como o 3º maior mercado da plataforma.

O seu alcance não é tão alto como o Facebook, porém, destacam-se a qualificação do público e os propósitos das pessoas que frequentam esta rede social. Como o foco é o ambiente corporativo, o tom da conversa aqui é mais “sério”, o que resulta em mais credibilidade.

No dia a dia, isso significa que o LinkedIn para empresas  exerce um papel importante nas estratégias de marketing, uma vez que ajuda no fortalecimento da imagem da marca. Em outras palavras, deve ser empregado com o objetivo de construir (e manter) a reputação do seu negócio.

Para que isso dê certo, a primeira dica é criar a página da empresa (company page) e fazer uso das show cases, extensões ideais para a apresentação de novidades sobre a sua organização.

Na configuração do perfil (e nos conteúdos publicados), não deixe de trabalhar adequadamente com as palavras-chave do seu negócio. Isso vai ajudar no seu ranqueamento nos serviços de busca. Saiba que, no geral, os perfis do LinkedIn aparecem até antes dos sites das empresas.

LinkedIn para empresas: quais as vantagens para o seu negócio?

Construir reputação

Para que a sua empresa consiga aproveitar o potencial do LinkedIn na construção de reputação, é imprescindível cuidar da qualidade das suas publicações. O ideal é que os assuntos tratados ajudem na formação profissional do público. Assim, procure valorizar os conteúdos educativos.

Quanto mais informações você conseguir compartilhar, maiores as chances de melhorar a percepção que as pessoas têm sobre o seu negócio e de a sua marca ser vista como uma autoridade em seu segmento.

Ampliar a rede de contatos

Como a rede reúne um público qualificado, todas as conexões estabelecidas têm um papel importante para a estratégia corporativa. Nesse caso, o foco não são apenas os consumidores finais, mas também possíveis colaboradores, especialistas do setor, influenciadores daquela área, fornecedores, comunidade acadêmica etc.

Ajudar no recrutamento e seleção

Hoje várias empresas concentram seus processos de recrutamento e seleção na plataforma. Além da facilidade de acesso às informações dos candidatos, é possível avaliar as conexões da pessoa e sua rede de contatos, ou seja, entender como é sua interação social no mercado.

Estimular a produção de conteúdos profissionais

Nem sempre valorizamos esse tipo de atividade na empresa, mas é importante estimular a produção editorial dos colaboradores. Ao se dedicar à preparação de artigos, os profissionais precisam buscar embasamento, o que ajuda a organizar melhor suas atividades no dia a dia.

O que pode prejudicar sua estratégia no LinkedIn?

Não atualizar a página

Como em qualquer outra rede social, não vale a pena criar o perfil sem designar quem vai cuidar da atualização. O LinkedIn não exige publicações diárias como em outras plataformas, porém, é fundamental ter publicações periódicas.

Não manter o foco no negócio

Já alertamos sobre isso, mas vale a ressalva: nem pense em usar a plataforma para discussões políticas ou mesmo questões pessoais. Lembre-se de que, aqui, o público busca aperfeiçoamento profissional. Pense nisso: você trataria desse assunto em uma reunião de negócios?

Não usar imagens

O foco mais sério da plataforma não significa deixar de trabalhar com conteúdos atrativos ou bem produzidos. Nesse caso, é impossível ignorar o poder de uma boa imagem. Tenha em mente que o público também aprecia outros formatos, como vídeos, webinars, e-books etc.

Não aproveitar os grupos corporativos

Essa é uma das vantagens do LinkedIn: você tem a possibilidade de seguir (e ser seguido) por diversos grupos corporativos e comunidades criadas justamente para reunir pessoas que têm interesse no desenvolvimento de determinada atividade. Faça buscas na plataforma, identifique grupos de interesse da empresa e interaja com eles. Essas conexões vão render outras, fortalecendo a sua estratégia.

Como garantir bons resultados?

Agora que você já entendeu o papel da plataforma, confira essas dicas sobre como usar o LinkedIn com efetividade.

1. Customizar a página

Ao criar a sua página, não deixe de personalizar as informações: coloque o logotipo, faça uma boa descrição do negócio, facilite a identificação por parte do público. Quem quer construir uma boa imagem precisa integrar os esforços de marketing; iniciativas isoladas não funcionam!

2. Criar conteúdo original

Citamos em outro tópico que o uso do LinkedIn pode estimular seus colaboradores a escreverem mais sobre os assuntos que dominam. Além de ajudar no seu aprimoramento, isso fará com que sua empresa tenha conteúdos originais. Compartilhar artigos de terceiros é bom, mas eles devem ser usados como complemento e não como base da sua estratégia.

3. Solicitar recomendações

Se você já organizou a página, agora é hora de promovê-la. Uma boa forma de fazer isso é interagindo com os profissionais e estimulando sua participação. Fez negócios com aquela pessoa? Peça recomendações.

4. Ser ativo

Além das publicações periódicas, uma boa estratégia no LinkedIn para empresas exige participação ativa na plataforma. Contribua com os grupos de discussão, interaja com as publicações dos seguidores, crie comunidades etc. Lembre-se de que networking se constrói com relacionamento.

5. Compartilhar informações

Seja generoso no planejamento dos conteúdos para o LinkedIn, ou seja, divida com seu público informações relevantes sobre pesquisas, eventos e novidades da área. A página se torna mais interessante quando a empresa não a utiliza apenas para se autopromover. Não se esqueça de que o público da plataforma está em busca de aprimoramento profissional.

Uma última dica sobre o uso do LinkedIn para empresas: analise a possibilidade de usar os anúncios pagos. Assim como acontece em outras redes, a plataforma tem boas ferramentas de segmentação, o que vai ajudar no direcionamento das suas mensagens.

Gostou do artigo? Ajudou a entender como o LinkedIn pode ser usado por sua empresa? Então leia também nosso artigo “Facebook Ads e Google Adwords: qual o melhor para meu negócio?“.