6 erros que detonam qualquer plano de marketing

 

Elaborar um plano de marketing estratégico não é uma tarefa tão simples assim, já que é necessário dedicação, criatividade e, claro, muita pesquisa. Caso falte algum desses quesitos, você poderá ter resultados insatisfatórios.

Para ajudar a evitar problemas em seu plano, elaboramos essa postagem com os principais erros que acontecem durante sua confecção, e o que é preciso fazer para evitá-los a qualquer custo. Tire alguns minutos para aprender com a gente e boa leitura!

1. Trabalhar sem pesquisas

Como dissemos, a pesquisa é parte essencial do processo de elaboração de um plano de marketing. Afinal, é por meio dela que você descobrirá o cenário em que sua empresa está inserida, tanto internamente quanto externamente, além de definir a sua estratégia de marketing.

Realizar uma pesquisa é um trabalho demorado, mas é ela que fornecerá todos os dados essenciais para que o seu plano possa ser construído com uma base sólida e de forma a trazer bons resultados.

Pesquise sobre seu mercado, concorrentes, clientes e todos os outros dados mercadológicos que julgar necessário. Muitas vezes, você encontrará excelentes oportunidades para explorar o mercado de maneira inovadora, atualizar seus produtos ou serviços e, ainda, identificar tendências que permitirão sua empresa se antecipar em relação a concorrência.

2. Estabelecer objetivos e metas irreais

É preciso ter muito cuidado ao estabelecer as metas e os objetivos de um plano de marketing, pois eles não podem ser confusos ou impossíveis de serem alcançados. Antes de mais nada, é preciso ter em mente que uma meta e um objetivo são coisas diferentes.

Quando falamos em objetivo, compreende-se que é o ponto final onde se pretende chegar com o plano, por exemplo: “aumentar as vendas em 15% no ano”. Já as metas são objetivos secundários que, ao serem somados, levarão a empresa ao objetivo. Como exemplo, podemos citar o aumento de “X%” na atração de clientes e de “Y%” na geração de leads.

Pior que objetivo e metas irreais é não inseri-los em um plano de marketing. É muito comum “deixar a meta em aberto”. O grande problema de não definir é a impossibilidade de avaliar se o plano trouxe algum resultado ou se precisa de ajustes.

Essa história de “se não sabe aonde vais, qualquer caminho serve” não se aplica aqui. É fundamental saber onde se quer chegar para, então, traçar os melhores caminhos.

3. Ignorar as métricas e KPIs

Outro grande erro que é comum na elaboração de um plano de marketing é não definir métricas e KPIs (Key Performance Indicators ou Indicadores de Performance), que serão utilizados para avaliar o desempenho de cada etapa da execução do plano.

Essa definição é essencial para que a empresa possa avaliar os resultados obtidos, compará-los com as metas e, se preciso, realizar ajustes nos processos para otimizá-los ou, até mesmo, extingui-los. Ao utilizar métricas e KPIs é possível controlar todas as ações, acompanhar os resultados em tempo real, otimizar o tempo e os processos, além de gerenciar a verba de maneira inteligente.

4. Manter seu plano de marketing desatualizado

Sua empresa elaborou um plano de marketing a dois anos atrás que foi um sucesso, então, por que não continuar a replicá-lo pelos próximos anos? A resposta é simples: porque o mercado não é o mesmo de dois anos atrás!

Você já reparou que, a cada dia, surgem novas tecnologias que influenciam no processo de decisão e compra do seu cliente? Há poucos anos, a realização de compras pela internet era algo pouco comum, mas hoje são rotineiras.

De tempos em tempos é preciso reavaliar o seu plano de marketing para verificar essas mudanças, ajustar os seus preços e, consequentemente, se manter competitivo no mercado. O prazo de revisão recomendado é de no máximo dois anos, mas fazê-lo anualmente é o mais indicado. Se sua empresa trabalha na área tecnológica, esse prazo pode ser ainda menor.

Portanto, revise seu público, analise as mudanças de mercado, o cenário econômico e as tendências para o ano. Desse modo, as chances de seu planejamento ser efetivo e trazer mais resultados positivos aumenta consideravelmente.

5. Deixar a criação de personas de lado

Atualmente, contar com uma definição de público simplória, baseando-se apenas em dados demográficos, não é mais o suficiente. É preciso compreender as necessidades e as dores de seu público a fundo.

Se você não souber exatamente para quem você quer vender, é impossível definir quais os melhores canais para atingi-los e fazê-los interagir com a sua empresa.

Outra questão é que, ao entregar uma mensagem a um número muito grande de pessoas, você dilui o seu poder de persuasão e acaba por alcançar  pessoas que não possuem interesse em seu produto ou serviço. Assim como na pesquisa, o processo de elaboração de personas é trabalhoso, mas é um tempo que será investido para aumentar a eficiência do seu plano e que, certamente, trará bons resultados.

6. Acreditar que o apoio de uma agência digital é desnecessário

Mesmo com tanta informação disponível com apenas alguns cliques, contar com o apoio de uma agência especializada é essencial, afinal, a expertise faz toda a diferença na hora de elaborar um plano de marketing eficiente.

Muitos empresários acreditam que esse é um investimento desnecessário, mas, ao descobrirem o retorno que ela pode trazer aos números da empresa, esse pensamento muda completamente.

Outra razão pela qual é preciso contar com uma agência digital é que ela possui uma gama de profissionais especializados em diversas áreas atuando de maneira multidisciplinar, ou seja, uma equipe muito mais qualificada com um investimento menor quando comparado ao investimento em uma equipe interna de marketing.

Não importa se você trabalhará seu marketing no ambiente online ou offline, a elaboração de um plano eficiente é, sem dúvidas, a única maneira segura de fortalecer a sua empresa, gerar visibilidade para sua marca e investir com a certeza de um retorno satisfatório.

Agora que você já conhece os principais erros na elaboração de um plano de marketing e como evitá-los, deixe suas dúvidas e opiniões nos comentários e aproveite para nos contar um pouco sobre as suas experiências!

Quer receber as dicas de marketing que estão transformando o mercado? Deixe seu e-mail!